O amor não é fraco, frágil ou suave. O amor é uma força positiva. O amor é a causa de tudo que é bom

Rhonda Byrne

Se você, de fato, quer chamar a atenção, ser querido, amado e admirado, viva como um vencedor, aja como um vencedor, fale como um vencedor. Que da sua boca só saiam palavras de vida e construção

Paulo Vieira


Conexão

Não se afaste de seus sonhos

Plante o amor, para colher as bênçãos do mais nobre dos sentimentos. Equilíbrio no hoje, paz ao ontem, esperança no amanhã

06/04/2022 - 09:06 | Atualizado em 31/05/2022 - 17:11

Em nossa caminhada rumo ao sucesso, nós precisamos, fundamentalmente, de coragem e determinação. Fé e constância também são primordiais. Quando acreditamos que temos a capacidade de fazermos algo positivo, grandioso, espetacular, nada nos detêm. Controlemos os desejos imediatos. Muitas vezes eles tiram o nosso foco. Direcionemos a atenção àquilo que almejamos e não despendamos energia com o que é secundário. A prática leva à excelência, por isso a ideia da melhoria contínua... Através da disciplina criamos hábitos saudáveis, que são os nossos aliados na conquista do que queremos. “Fuja da ideia de que sucesso é um golpe de sorte. A sua sorte é você quem cria. A sorte não acontece, ela é criada. Você cria a atmosfera, o ambiente, as condições para que a sorte aconteça”, escreveu Caio Carneiro, profissional de Marketing, autor do best-seller brasileiro “Seja Foda” (Ed. Büzz/19).

“O tempo é a moeda mais valiosa de sua vida. Você, e só você, pode determinar como essa moeda será usada. Tome cuidado para não permitir que outras pessoas a usem em seu lugar”, gravou na história Carl Sandburg, poeta, historiador e folclorista norte-americano, falecido em 1967. Atenção: sigamos fielmente rumo ao que nos é caro, ao que nos toca, ao que nos faz bater descompassado o coração.

Tem uma frase célebre de Charles Chaplin que sintetiza a pluralidade dos desafios da existência humana: “Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, pois o mundo pertence a quem se atreve e a vida é muito boa para ser insignificante”. O ator, diretor, humorista, empresário, dançarino e músico britânico, que nasceu em 1889 e viveu até 1977, eternizou diversos pensares, tais quais: “Nunca se afaste de seus sonhos, pois se eles se forem, você continuará vivendo, mas terá deixado de existir”; “A persistência é o caminho do êxito”; “A vida é como uma peça de teatro que não permite ensaios, por isso, cante, chore, sorria, ame, pois um dia as cortinas se fecham e a peça pode terminar sem aplausos”; “Cada segundo é tempo para mudar tudo para sempre”; “Mais do que máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo estará perdido”; “Não fique triste quando ninguém notar o que fez de bom, afinal, o sol faz um enorme espetáculo ao nascer e, mesmo assim, a maioria de nós continua dormindo”; “Não se mede o valor de um homem pelas suas roupas ou pelos bens que possui. O verdadeiro valor do homem é o seu caráter, suas ideias e a nobreza de seus ideais”, e “Um dia sem rir é um dia desperdiçado”.

Nessa linha de grandes pensadores que por aqui já passaram, faço menção ao naturalista britânico Charles Darwin, cujo estudo da evolução biológica muito contribuiu para a humanidade. Cito duas de suas frases mais replicadas ao longo do tempo: “A compaixão para com os animais é uma das mais nobres virtudes da natureza humana”, e “Não é o mais forte que sobrevive, nem o mais inteligente, mas o que melhor se adapta às mudanças”.

Plantemos o amor, para colhermos as bênçãos do mais nobre dos sentimentos. Equilíbrio no hoje, paz ao ontem, esperança no amanhã. Gratidão até pelos percalços do caminho... A vida é fugaz, quando menos esperamos já se foi um ano, lá se foram 10, 20... Daí a importância de sempre nos conectarmos com a nossa mente subconsciente, com o nosso eu-interior, com a centelha divina que habita em nós, para não nos boicotarmos, não nos desviarmos da rota principal, não nos perdermos da nossa simplicidade. Por isso as podas são importantes, para aflorar a nossa melhor versão, deixando pelo caminho as pragas, as ervas daninhas e os frutos podres (incluindo pensamentos, gestos, palavras). A serenidade nos leva à prosperidade.


Foto:

Marcelo Pardini contato@agromp.com.br

Marcelo Pardini é narrador, poeta, jornalista, pós-graduado em Marketing e leiloeiro rural. Titular da marca Agro MP - A voz do Agronegócio.

51 colunas publicadas